publico

p3

antena3

lecool

Acerca de mim

A minha foto


anafcgil@hotmail.com
www.anagillustrations.com
www.instagram/anagillustrations.com


14 de dezembro de 2015

' põe na mesa a toalha adamascada '







" Há quem lhes chame <gastrónomos>, <gastrófilos> ou foodies. 
Fortunato da Câmara prefere o termo francês gourmet que deu origem a todos os outros. 
Um termo que nasceu para definir as pessoas que gostam de comer, aprender, de se aventurar no mundo da gastronomia, e de desfrutar do puro prazer de estar à mesa, sem arrogância, nem presunção." 

~ " Manual Para Se Tornar Um Verdadeiro Gourmet " de Fortunato da Câmara, editora Manuscrito



" Manual Para Se Tornar Um Verdadeiro Gourmet " ©anagil




" Manual Para Se Tornar Um Verdadeiro Gourmet " ilustrações ©anagil





" Manual Para Se Tornar Um Verdadeiro Gourmet " ilustrações ©anagil




Capítulo I - DA COMILANÇA MEDIEVAL ATÉ À REFEIÇÃO DITA 'NORMAL'
 ilustrações ©anagil


 

CAPÍTULO II - ALIMENTOS E PRODUTOS, PONTOS DE PARTIDA OU REDUTOS
 ilustrações ©anagil





CAPÍTULO III - ALIMENTOS E PRODUTOS, PONTOS DE PARTIDA OU REDUTOS
 ilustrações ©anagil




CAPÍTULO IV - GASTROBABEL! TODOS FALAM, MAS POUCOS ESCLARECEM O SEU PAPEL
 ilustrações ©anagil


 

CAPÍTULO V - TRABALHOS PRÁTICOS PARA FUGIR A DESLIZES ERRÁTICOS
 ilustrações ©anagil

3 de dezembro de 2015

' corro à volta da mesa, atrás do riso '














Menú ilustrado da Tasca da Esquina, 2015




Fotografia de Hugo Nascimento

' os poetas são uns palermas. apaixonam-se dia sim, dia não. às vezes pela mesma pessoa '



Trabalho particular para o blog Les Bons Vivants.
Raquel, João e Teresa, o mundo está aí para vocês.
Obrigada.




' um cantinho e um violão, esse amor, uma canção, pra fazer feliz a quem se ama... '






Capa para os 15 anos da Fugas, Jornal O Público



' na varanda, quem descansa, vê o horizonte deitar no chão '


" Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraíso se mudou para lá
Por cima das casas, cal
Frutas em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonhos semeando o mundo real (...) "

~ Vilarejo cantado por Marisa Monte





Primeiros esquiços para as ilustrações do livro Oficina Poeiras 



Ilustrações para o livro Oficina Poeiras 




Livro Oficina Poeiras, Leonor Poeiras, Casa das Letras, Outubro 2015



" Vinicius de Moeaes esceveu um dia: 
" Quer ? Então faça acontece, porque a únca coisa que cai do céu é a chuva. "
~ Leonor Poeiras em Oficina Poeiras, Casa das Letras, Outubro 2015
Obrigada Leonor.

22 de setembro de 2015

' quem sabe um dia, por descuido ou poesia, você goste de ficar '





Time Out Lisboa " Os Melhores Petiscos deste Verão ", 2015


Ilustrações para a Time Out Lisboa " Os Melhores Petiscos deste Verão ", 2015

15 de setembro de 2015

' digo o nome da cidade - digo para ver '





" Digo:
“Lisboa”

Quando atravesso – vinda do sul – o rio
E a cidade a que chego abre-se como se do seu nome nascesse
Abre-se e ergue-se em sua extensão noturna
Em seu longo luzir de azul e rio
Em seu corpo amontoado de colinas – 
Vejo-a melhor porque a digo
Tudo se mostra melhor porque digo
Tudo mostra melhor o seu estar e a sua carência
Porque digo
Lisboa com seu nome de ser e de não-ser
Com seus meandros de espanto insónia e lata
E seu secreto rebrilhar de coisa de teatro
Seu conivente sorrir de intriga e máscara
Enquanto o largo mar a Ocidente se dilata
Lisboa oscilando como uma grande barca
Lisboa cruelmente construida ao longo da sua própria ausência
Digo o nome da cidade
– Digo para ver. " 
~ Lisboa de Sophia de Mello Breyner Andresen, 1977





21 de julho de 2015

' que importa a fúria do mar '


" (...) Tudo o que cheira bem no mar, em terra é nauseabundo. 
É uma espécie de maldição que ele lança a quem o ousa abandonar. " 

~ Ana Margarida de Carvalho in Que Importa a Fúria do Mar



Desenho intermédio das equipas Telefónica e Groupama para o Making Waves Art 2014/2015



 Desenho Final das equipas Brunel e Mapfre na chegada a Lisboa, 
para o Making Waves Art 2014/2015






' bai dar ou num bai dar ? '



" A mãezinha: perceber a relação que o Jorge lá do escritório tem com a mamã é um dado muito importante. Porque se ele for daquele tipo de gajo que ainda vai a casa da mãezinha deixar a roupa para lavar e passar, almoçar às segundas, quartas, sextas e domingos e, para cúmulo, se lhe telefona (ou atende chamadas) três vezes por dia e responde a perguntas do género «Já comeste?», «Levaste uma malhinha para o caso de estar frio?» ou «Aqueceste o rancho que te mandei no tupperware?», é sinal de que anda à procura de uma progenitora n.º 2. " 

- in A Gaja ( a genial Raquel Costa ) , editora Marcador
ilustrações Ana Gil











22 de maio de 2015

' e agora sabes o que significam Ítacas '

" Se partires um dia rumo a Ítaca

Faz votos de que o caminho seja longo
repleto de aventuras, repleto de saber.
Nem lestrigões, nem ciclopes,
nem o colérico Posídon te intimidem!
No teu caminho jamais os encontrarás
Se altivo for teu pensamento
Se subtil emoção o teu corpo e o teu espírito tocar
Nem lestrigões, nem ciclopes
Nem o bravio Posídon hás-de ver
Se tu mesmo não os levares dentro da alma
Se tua alma não os puser dentro de ti."



" Faz votos de que o caminho seja longo.
Numerosas serão as manhãs de verão
Nas quais com que prazer, com que alegria
Tu hás-de entrar pela primeira vez um porto
Para correr as lojas dos fenícios
e belas mercancias adquirir.
Madrepérolas, corais, âmbares, ébanos
E perfumes sensuais de toda espécie
Quanto houver de aromas deleitosos.
A muitas cidades do Egipto peregrinas
Para aprender, para aprender dos doutos.
Tem todo o tempo Ítaca na mente."



" Estás predestinado a ali chegar.
Mas, não apresses a viagem nunca.
Melhor será muitos anos levares de jornada
E fundeares na ilha velho enfim.
Rico de quanto ganhaste no caminho
Sem esperar riquezas que Ítaca te desse.
Uma bela viagem deu-te Ítaca.
Sem ela não te punhas a caminho.
Mais do que isso não lhe cumpre dar-te.
Ítaca não te iludiu.
Se a achas pobre
Tu te tornaste sábio, um homem de experiência.
E, agora, sabes o que significam Ítacas. "
~ Konstantinos Kavafis




' a primeira vez, é sempre na 3 '



" A primeira vez, é sempre na 3. "
~ Slogan da Antena 3




 no programa Prova Oral da Antena 3, do dia 14 de Janeiro de 2015
na companhia de Rita Camarneiro, Fernando Alvim e Miguel Somsen


' a poesia é para comer '




Desenhos para a Roff Portugal anagil©



 " (...) ó subalimentados do sonho!
a poesia é para comer. "
~ Natália Correia in A Defesa do Poeta





                                                 Produto final para a Roff Portugal anagil©